Carpe Diem

O que é Carpe Diem

São muitas as frases escritas em latim que estão incutidas na vida cotidiana das mais diversas nações, o que se deve ao fato desse idioma ter sido o oficial de grande parte da Europa antiga. Uma dessas afamadas expressões é o carpe diem, a qual foi citada pela primeira vez em um dos poemas de Horácio, filósofo e poeta romano.

Carpe Diem
Carpe Diem

Além do carpe diem, existem outras palavras de origem do latim que são usadas, como Caput, Meritocracia, Logradouro, entre outras.

O que Significa Carpe Diem

Bastante popular entre a população, a filosofia do “carpe diem” normalmente transmite a necessidade de se valorizar o presente e aquelas coisas verdadeiramente relevantes, que propiciarão uma vida que seja, de fato, prazerosa.

Porém, outro significado que “carpe diem” pode adquirir é o de que cada um está por si; essa acepção, que na atualidade é raramente utilizada, passou a ser empregada durante a queda do império romano, quando a população da época via cada dia como o último de sua vida.

Tradução de carpe diem

Em sua tradução literal, “carpe diem” equivale a “colha o dia”, que, no contexto do poema de Horácio, seria uma metáfora com o significado de “aproveitar o momento atual”.

Carpe diem nas tatuagens

Uma grande quantidade de pessoas já gravou ou deseja registrar alguma coisa, seja uma frase ou um desenho, de modo permanente na pele.

Inclusive, uma das frases mais adoradas para esse fim é a expressão “carpe diem”, o que se deve a mensagem positiva que ela transmite, sempre lembrando a pessoa de valorizar o presente.

Dentre os locais mais escolhidos para fazer esta tatuagem – que pode grafada de modo bastante diverso, dependendo do formato e do tamanho da letra –, os principais são os pulsos, o espaço entre as omoplatas e os ombros.

Carpe diem no cinema

Robin Williams – um dos mais consagrados atores norte-americanos – protagonizou, em “A Sociedade dos Poetas Motos”, uma célebre cena do cinema, a qual em muito auxiliou na disseminação da filosofia do “carpe diem”.

Ela ocorreu quando Keating – o protagonista do filme, que é um professor de literatura que luta contra o conservadorismo – pronunciou aos seus alunos: “Carpe, carpe diem; colham o dia, garotos; tornem suas vidas extraordinárias.”.

Carpe diem na música

Foram diversas as ocasiões nas quais “carpe diem” foi empregado no segmento musical; veja, logo abaixo, as duas dessas situações que mais se destacam.

A primeira seria quando a Metallica – banda norte-americana de heavy metal, que está em atividade desde 1981 – lançou, em 1991, a música Carpe diem Baby; publicada no álbum “Reload”, a canção incentiva que nós desfrutemos o máximo possível do presente, dos dias que estamos vivendo.

A outra situação relevante consiste na citação da ideologia do carpe diem na música “A Change of Seasons”, que contém até mesmo falas do filme “A Sociedade dos Poetas Mortos”; essa canção é pertencente ao álbum de mesmo título da banda norte-americana Dream Theater.

Outra curiosidade, não tão relevante ao cenário mundial como as anteriormente citadas, mas bastante significativa nacionalmente, constitui-se no fato da Catedral – banda brasileira de rock, formada em 1988, com uma produção que era voltada para o âmbito gospel – ter nomeado uma de suas músicas de carpe diem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *